FANDOM


""1914 é um ano significativo na profecia bíblica" - é uma profunda convição de cada Testemunhas de Jeová. "Com décadas de antecedência, os Estudantes da Bíblia anunciavam que em 1914 ocorreriam eventos significativos." (O Que a Bíblia Realmente Ensina?, 2005, pág. 215, 217) Elas têm a convição profunda de que em outubro de 1914 findou os "tempos designados das nações". Nessa ocasião, deu-se o início da Segunda Vinda [ presença de modo invisível; em gr. parousia significa vinda, advento, presença, estar presente ] de Cristo. É o chamado "Dia do Senhor" de Revelação 1:1. Satanás e seus anjos foram expulsos dos céus e Cristo tornou-se rei. Em 1995, abandonam o ensino de que a geração [ em gr. geneá, diferente de génos, "raça" ] de 1914 que não passará até que venha o Armagedom. (Mateus 24:34)

A doutrina construída em torno do ano de 1914 se baseia na convição de que Jerusalém foi destruída por Nabucodonosor II no ano 607 AEC e que a duração do Exílio de Judá foi de 70 anos. Isso contraria todas as evidências históricas conhecidas que apontam para o ano de 587 AEC. As publicações da Torre de Vigia fazem-nos crer que Charles Russell tinha basicamente o mesmo entendimento religioso que hoje as Testemunhas de Jeová declaram sobre o significado do ano 1914. Inclusive que Russell foi o autor desses cálculos. Para isso, forçam a interpretação de alguns textos escatológicos para se ajustar à história oficial da religião. A Sociedade Torre de Vigia (dos EUA) e o seu Corpo Governante, são descritos como a figura central de várias profecias bíblicas referente aos Últimos Dias.

Geração de 1914 não passará

"Quando o termo geração é usado com referência a pessoas que vivem em determinada época, não se pode especificar a duração exata dela, exceto que o prazo dela estaria dentro de limites razoáveis. Estes limites seriam determinados pela duração da vida das pessoas da respetiva época ou população. Atualmente, ... as pessoas que vivem em condições favoráveis talvez atinjam a idade de 70 ou 80 anos." (Estudo perspicaz das Escrituras, 1988, vol. 2, pág. x ) Permite abranger todos as pessoas nascidas por volta da época de um acontecimento histórico e todas as pessoas que estavam vivos na ocasião.

Em 1995, abandonam o ensino de que a geração [ gr. geneá ] de 1914 que não passará até que venha o Armagedom. A expressão "esta geração" não lhes teria dado a ideia dum período de grande extensão, mas de pessoas que viveriam por um período relativamente curto. Seriam as pessoas contemporâneas daqueles acontecimentos. Ensinam que "esta geração" se aplica às Testemunhas de Jeová que foram Ungidas com Espírito Santo que ainda vivem na Terra. (Mateus 24:34; A Sentinela de 1/11/1995 pág. 12, 30-1; artigo "Testemunhas de Jeová decidem que o Fim é fluído", por Kenneth Woodward, na Newsweek de 18/12/1995 pág. 59; A Sentinela de 1/5/1997 pág. 11, 29; de 1/6/1997 pág. 28)

Antes da mudança mencionada acima, o prefácio da revista "Despertai!" dizia o seguinte: "Esta revista gera confiança na promessa do Criador de estabelecer um novo mundo pacífico e seguro, antes que passe a geração que viu os acontecimentos de 1914." Depois da mudança, alteraram o prefácio para: "Esta revista gera confiança na promessa do Criador de estabelecer um novo mundo pacífico e seguro, prestes a substituir o atual mundo perverso e anárquico."

Evolução da doutrina 1914

  • o fim dos Tempos dos Gentios e o fim da Grande Tribulação, que culminaria no Armagedom, a restauração dos judeus naturais na Palestina.
  • início do Tempo do Fim e da presença de modo invisível de Cristo.
  • no céu, Cristo tornou-se Rei.

Expetativas frustradas

Russell escreveu: "Nossos leitores estão nos escrevendo para saber se pode não haver um erro na data de 1914. Nós não vemos razão para mudar os cálculos nem os poderíamos alterar se o quiséssemos. Eles são, acreditamos, datas de Deus, não nossas. Mas tenha em mente que o ano de 1914 não é a data para o começo, mas para o fim do tempo de problemas". (A Torre de Vigia de Sião de 15/7/1894 pág. 226, em inglês)

"Alguns cujas expetativas quanto a 1914 eram demasiadas ficaram desapontados e abandonaram a Verdade [ isto é, os ensinos singulares da religião ]. Mas, na maior parte, os irmãos continuaram fiéis. Atualmente sabemos que eles estavam certos ao crer que os Tempos dos Gentios, de 2 520 anos, terminariam por volta de 1 de outubro de 1914. O Reino Messiânico então começou a reger no céu. Um dos maiores eventos da história humana havia ocorrido, e os irmãos tinham tido o privilégio de participar em anunciá-lo!" (Anuário das Testemunhas de Jeová de 1978, pág. 205)

"É com base em tais e tantas correspondências - de acordo com as mais sólidas leis conhecidas da ciência - que nós afirmamos que, escrituralmente, cientificamente , historicamente , a cronologia presente está correta além de qualquer dúvida. Sua confiabilidade foi abundantemente confirmada pelas datas e eventos de 1874 ... é uma base segura sobre a qual os filhos consagrados de Deus podem se empenhar na busca pelas coisas que estão por vir". (A Sentinela de 15/6/1922 pág. 187, em inglês) "Certamente não há o menor espaço para dúvida na mente de um filho verdadeiramente consagrado de Deus que o Senhor Jesus está presente e tem estado desde 1874." (A Sentinela de de 1/11/1924 pág. 5, em inglês)

Ao descrever a decepção e dissidência que seguiu-se a 1914, a Sociedade Torre de Vigia minimizou a sua responsabilidade pelos ensinos errados. Diz que isso foi o resultado de "alguns" [ um termo impreciso, e confortável anonimato ] terem demasiadas expetativas. Qualquer pessoa que tivesse acreditado no que foi publicado pela Sociedade Torre de Vigia, tanto na revista A Torre de Vigia de Sião como na série de livros Estudos das Escrituras, ficava desapontada.

Esta atitude repete-se em 1925. "O ano de 1925 é uma data definitivamente e claramente marcada nas Escrituras, ainda mais claramente do que 1914." (A Sentinela de 1924 pág. 211, em inglês) "O ano de 1925 chegou ... Com grande expetativa... Muitos têm crido que todos os membros do corpo de Cristo serão trasladados para a glória celestial durante este ano. Isto pode se cumprir. Pode não se cumprir ..." (A Sentinela de 1/1/1925 pág. 3, em inglês) "Deve-se esperar que Satanás tentará incutir na mente dos dedicados o pensamento de que 1925 levaria a obra a seu fim ..." (A Sentinela de 1/9/1925 pág. 262, em inglês)

"Houve uma medida de desapontamento da parte dos servos de Jeová na terra com respeito aos anos de 1914, 1918 e 1925 ... e eles também aprenderam a deixar de fixar datas para o futuro e de predizer o que viria a acontecer em uma certa data ..." (Vindicação, vol. 1, 1931, pág. 338-9, em inglês) "Desde 1870, os Estudantes da Bíblia tem estado servindo com uma data em mente - primeiro 1914, depois 1925. Agora eles percebem que devem servir por tanto tempo quanto Deus desejar." (A Sentinela de 1/11/1993, pág. 12) Isto repetiu-se em 1975.

Depois de tantos erros documentados, a liderança das Testemunhas de Jeová adota uma postura mais cautelosa. Continua a colocar ênfase na iminência do Armagedom, sem conjeturar datas. Distancia-se das suas predições falhadas e declina qualquer responsabilidade pelas expetativas por si criadas como sendo ensinos bíblicos.

Saiba Mais

Ligações externas

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória