FANDOM


De acordo com a Bíblia, os anjos [ em gr. angelos, que significa "mensageiro" ] são pessoas [ entidades ] espirituais ou Espíritos), assim como o próprio Deus é um Espírito, o Espírito Supermo. (João 4:24; Salmo 104:4) Para os cristãos, judeus e muçulmanos, os anjos são representantes de Deus e executam a Vontade Divina. Isso envolve auxliliar e proteger os servos de Deus na Terra, transmitir as Suas mensagens e executar os Seus julgamentos. Visto que os seres humanos não tem perceção sensorial da atividade dos Anjos, não podemos determinar a sua presença e saber até que ponto Deus os usa hoje para ajudar as pessoas.

Segundo a Bíblia, existem muitos anjos, um valor indeterminado. Ao descrever sua visão sobre os anjos, o profeta Daniel diz que "mil vezes mil anjos ministravam a Deus, e dez mil vezes dez mil ficavam de pé logo diante dele." (Daniel 7:10; Revelação 5:11)

Segundo os livros deutrocanónicos da Bíblia, somente três anjos são chamados por nome. Sao eles: Gabriel [ que significa "homem vigoroso de Deus" ] e Miguel [ que significa "quem e semelhante a Deus" ]. Rafael [ que significa "curado por Deus" ] é citado apenas no livro protocanónico de Tobias. Foi o anjo enviado por Deus para curar a cegueira de Tobias e o acompanhar numa longa e perigosa viagem para conseguir uma esposa. Segundo a teologia da Igreja Católica, eles são Arcanjos. Veja Cânone Bíblico e Apócrifos.

Eles são como os Humanos na questão de terem individualidade, personalidade e livre-arbítrio. Mas os anjos não começaram a vida como humanos e nem são Espíritos Encarnados. Segundo a Bíblia, foi Deus que os criou antes do surgimento da Humanidade, antes mesmo da origem do Universo. (Jó 38:4,7) Visto terem sido criados por Deus, os anjos são corretamente chamados de "Filhos de Deus". Todos eles possuem poderes sobre-humanos e usufruem de vida infindavel, mas não possuem Vida Imortal. Veja Vida Eterna

Desde que presenciaram a criação da Humanidade, os Anjos têm demonstrado vívido interesse na Humanidade. Os Anjos de Deus têm um profundo interesse no bem-estar de quem serve a Deus. Eles foram repetidas vezes usados para os proteger. (Hebreus 1:14) Estão "desejosos de olhar de perto" para os assuntos relacionados com Cristo [ Messias ] e ao futuro, que foram revelados aos Profetas de Deus. Cada pecador que se arrepende e faz a vontade de Deus é motivo de "alegria entre os anjos". (I Pedro 1:11-12; Lucas 15:10)

Com o passar do tempo, alguns anjos foram induzidos por um anjo proiminente vulgarmente chamado Satanás, o Diabo, a se rebelar contra a Soberania de Deus. Veja também Espíritos.

Mensageiros de Deus Editar

Um anjo protege Agar e o nascimento de Ismael. (Génesis 16:7-16) Dois anjos aparecerem a Abrãao, depois conduziram Ló e sua familia de Sodoma e Gomorra, para um local seguro. (Génesis 19:1; 15-26) Sacrificio de Isaque. (Génesis 22:11-18) Visão de Jacó em Betel, a cananeia Luz. (Génesis 28:11-19) Escolha de Gideão. (Juizes 6:11-23) Escolha de Sansão. (Juizes 13:3-25)

Séculos mais tarde, um anjo protegeu o profeta Daniel quando foi lançado numa cova de leões. (Daniel 6:22) Anjos ministraram a Jesus Cristo no seu ministério terrestre. (Marcos 1:13) E, pouco antes de sua morte, um anjo lhe apareceu e "o fortaleceu". (Lucas 22:43) Um anjo também libertou o apóstolo Pedro da prisão. (Atos 12:6-11) Essa passagem bíblica deu origem a crença na existência de um Anjo da Guarda.

Adoração dos Anjos Editar

Se obececermos a Deus, a Bíblia dá a garantia de que os Anjos de Deus nos darão proteção e auxílio. (Salmo 34:7) Segundo a Bíblia, quando o apóstolo João tentou adorar [ cultuar, reverênciar ou prestar homenagem ] um anjo, ele lhe disse: "Toma cuidado! Não faças isso! ... Adora a Deus." (Revelação 19:10 ALA) Os anjos estão em primeiro lugar ao serviço de Deus, não do Humanidade. Atendem às orientações de Deus e não às ordens ou pedidos do homem. Portanto, deve-se pedir ajuda a Deus, não aos Anjos. (Mateus 26:53) Por isso, os cristãos devem direcionar as suas orações e a adoração apenas a Deus, sem intermediários. (Êxodo 20:3-5; Salmo 5:1-2; Mateus 6:9)

Organização e Hierarquia Editar

Segundo a Tradição Católica, existêm nove ordens angélicas: Serafins, Querubins, Tronos, Dominações, Potestades, Virtudes, Principados, Arcanjos e Anjos, distribuídas em três hierarquias.

Arcanjo, Sarafins e Querubins Editar

Arcanjo Editar

O principal anjo em poder e autoridade é Miguel, em hebr. Misha El, que significa "Quem é Semelhante a Deus", o Arcanjo ( em gr. ark + angélos, que significa "Principal dos Anjos" ). É também chamado de "o anjo do Verdadeiro Deus" ou "princípe do exército de Deus". Todos os demais anjos estão sob sua autoridade, e este, por sua vez, sujeito diretamente a Deus. (O Que a Bíblia Realmente Ensina?, 2005, pág, 218; it Vol. 2, 1988, pág. 828-9) Além do Arcanjo Miguel, mum outro anjo de destaque mencionado por nome, é Gabriel, em hebr. Gab El, que significa "Homem vigoroso de Deus". É descrito como "o ser [ poderoso ] com forma de homem", em Daniel 10:18. (Daniel 8:15-16; 9:21; Lucas 1:19)

As Testemunhas de Jeová creem que o Filho de Deus, antes de sua existência humana como Jesus Cristo, era o Arcanjo Miguel. Após a sua ressurreição, voltou ao céu e voltou a ser arcanjo. Em 1914 ele foi entronizado como Rei, assumiu o governo celeste. Após a sua Ascensão ao Céu, Deus o recompensou pela sua integridade até a morte, com Vida Imortal e governador(Rei) no céu. (I Tessalonicenses 4:16; Judas 9)

Segundo o livro bíblico de Relevação Cap. 12, no início do Dia do Senhor, o Arcanjo Miguel e seus anjos, travaram uma batalha com Santanás, o Diabo, e seus anjos. Santanás e seus anjos, são expulsos dos céus [ isto é, de ter acesso à presença de Deus ] e sua influência é restringida à Terra e a seus habitantes.

Anjo Sarafim Editar

Os serafins (do hebr. saráph, que significa "queimar", literalmente "o que está em chamas") ocupam um cargo alto na hierarquia dos anjos. A referência bíblica para serafim está em Isaías 6:1-3, 6-7. Eles prestam serviço (ministram) diante a Pessoa de Deus em assuntos relacionados com a Santidade de Deus e a Santificação. Sao representado figurativamente como tendo de seis asas (rapida locumocao) cheia de olhos (atencao vigilante) em postura muito reverente.

Anjo Querubim Editar

Os querubins (do hebr. cherub, significa "envolver") se localizam ao redor do Trono de Deus [ que simboliza a Soberania Divina ] como uma guarda de honra. Aparecem a executar missões. (Génesis 3:23-24) No hebraico, ckerub é singular, enquanto cherubim, é plural. (Salmo 80:1; 99:1; Ezequiel 10:1)

A tampa da Arca da Aliança tinha dois querubins dourados numa posição reverente e protetora. E por isso, a Bíblia diz que Deus "está sentado entre os querubins". No Templo de Salomão, no compartimento do Santíssimo, existiam mais dois querubins. Os quatro querubins na visão do profeta Ezequiel são representados de quatro formas - um rosto de leão [ simbolo da Justiça ], um rosto de touro [ simbolo do Poder ], um rosto de águia [ simbolo da Sabedoria ] e um rosto de homem [ simbolo do Amor ] - com carateristicas comuns entre eles: corpo com mãos humanas e asas.

Alguns historiadores relacionam o hebraico cherub com o deus assírio "chirabu", cuja representação é de um ser com aparência humana com corpo de um touro alado. Além desta divindade, encontramos outra em forma de um leão alado, chamado shedu ou lamassu.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória