FANDOM


Advogam apenas a Teocracia, o governo de Jeová Deus. As Testemunhas de Jeová demonstram respeito pelos símbolos nacionais, mas rejeitam qualquer devoção a tais símbolos e a ideais nacionalistas. Estão obrigadas moralmente e religiosamente a obedecer às autoridades governamentais a que estão submetidas, desde que isso não interfira com as Leis Divinas conforme expressas na Bíblia e explicadas pelo seu Corpo Governante. São por elas consideradas "autoridades superiores", mas não supremas. (Mateus 22:20,21; Atos 5:23; Romanos 13:1,5-7) Recusam assumir cargos políticos, afiliar-se partidariamente, exercer seu direito de votar em partidos políticos e em questões de natureza política. Atualmente, a decisão de votar num candidato individual é deixada à consciência pessoal. (A Sentinela de 1/11/1999, pág. 28-9) Rejeitam ser incorporadas para receber instrução militar ou prestar serviço militar não combatente. Deperminados tipos de Serviço Civico alternativo ao Serviço Militar são motivos de objeção. Pretendem, assim, viver neste "mundo", mas sem fazer "parte do mundo". (João 17:16)

Em 1962, chegam conclusão que as "autoridades superiores" de Romanos Cap. 13 são na realidade as " autoridades governamentais". (Anuário das Testemunhas de Jeová de 1975, pág. 238) Antes eram identificadas como sendo Jeová Deus, e seu filho, Jesus Cristo. (A Verdade que Vos Torna Livres, 1929, pág. 312) No Volume I dos Estudos das Escrituras, publicado em 1886 por Charles Russell, as "autoridades superiores" já haviam sido identificadas corretamente como sendo as autoridades governamentais. (pág. 266)

Veja também Guerra teocrática.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória