FANDOM


O termo Bíblia deriva do gr. βίβλια. (ta) bíblia, plural de βίβλιον, bíblion, que significa "rolos", "escritos" ou "livros". Designa a coleção de escritos considerados como tendo sido escritos sob a inspiração de Deus. É considerado um livro sagrado pelas três grandes religiões abraâmicas: Judaísmo, Islamismo e Cristianismo. São, por isso, chamadas de "religiões do Livro". A Bíblia é a fonte de dos cristãos. Foi Jerónimo (347-420 EC), tradutor da Vulgata Latina, que chamou pela primeira vez ao conjunto dos livros do Antigo Testamento e Novo Testamento de "Biblioteca [ gr. Bibliotheke ] Divina".

Possui duas grande divisões: o Antigo Testamento e o Novo Testamento.

Antigo Testamento Editar

Compreende a Torah (Lei), Salmos e escritos dos Profetas

Revelação de YHWH, o Deus Todo-poderoso, como o Deus de Abraão. Pacto com Abraão. Lei dada ao Antigo Israel mediante o profeta Moisés. Consagração da tribo de Levi e do sacerdócio araónico. Salomão manda contruir o Templo de YHWY em Jerusalém, substituindo o Tabernaculo. Promessa da vinda do Messias ("Ungido" de YHWH, em gr. Cristo) como Salvador.

Novo Testamento Editar

Compreende os quatro Evangelhos, o livro de Atos dos Apóstolos, as Epístolas e o livro de Apocalipse (Revelação).

Aparecimento do Messias ("Ungido" de YHWH, em gr. Cristo). Seu ministério terrestre, julgamento e morte, ressureição e ascensão ao Céu. Escolha dos 12 apostolos. Fundação do Cristianismo.

As igrejas cristãs, com excepção da Igreja Católica, considera 39 livros no Antigo Testamento como parte do cânone (catálogo) dos livros inspirados por Deus.

Deuterocanónicos Editar

A Igreja Católica considera mais 7 livros como parte do cânone bíblico (Tobias, Judite, Sabedoria, Eclesiástico, Baruque, I Macabeus, II Macabeus e as adições aos livros de Ester e de Daniel). Estes escritos são chamados deuterocanónicos ("segundo cânone"). As igrejas cristãs não-católicas consideraram tais escritos como não-canónicos (ou seja, apócrifos). Apesar disso, reconhece-se o valor histórico dos livros dos Macabeus. Quanto ao Novo Testamento, todas as igrejas cristãs foram unânimes em aceitar o Novo Testamento com 27 livros.

Inspiração da Bíblia Editar

As igrejas cristãs ortodoxas, e as outras igrejas orientais, aceitam, além de todos estes O apóstolo Paulo afirmou que "toda a Escritura é inspirada por Deus" [ lit. "soprada por Deus", em gr. θεοπνευστος, theopneustos ]. (II Timóteo 3:16) O apóstolo Pedro afirmou que "nenhuma profecia foi proferida pela vontade dos homens. Inspirados pelo Espírito Santo é que homens falaram em nome de Deus." (II Pedro 1:21)

A crença na inspiração Divina da Bíblia é considerada subjetiva na perspetiva de uma pessoa não-religiosa. A interpretação dos textos bíblicos, ainda que siga o mesmo Texto-Padrão, varia confome as comissões de tradução da Bíblia e o entendimento dos líderes religiosos. Verifica-se que o entendimento a respeito de alguns assuntos pode variar de teólogo para teólogo, e mesmo de um crente para outro.

Versões em português Editar

Os primeiros registros da tradução da Bíblia - o Pentateuco - para o português remonta ao final do século XIII, pelo Rei D. Dinis. A primeira Bíblia completa em língua portuguesa foi publicada somente em 1753, obra do missionário e tradutor João Ferreira de Almeida (1628-1691). A tradução do Novo Testamento ficou pronta em 1676 e publicada em 1681.

Saiba Mais Editar

Ligaações Externas Editar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória