FANDOM


Guerra teocrática ( ou "Guerra de Deus [ em gr. Theos ]" ) é uma expressão usada pelas Testemunhas de Jeová que significa a estratégia definida pelo Corpo Governante das Testemunhas de Jeová feita em nome da defesa dos interesses da religião. (A Sentinela de 1/2/2007, pág. 6; de 1/2/1956, pág. 80-6, ed. inglês, artigo "Cuidado com Serpentes e Lobos"; de 1/5/1957, pág. 284-6, ed. inglês, artigo "Uso Estratégia de Guerra teocrática"). O Escritório de Informação Pública e o Departamento Legal da Sociedade Torre de Vigia, são a face vísivel do conceito de "estratégia de Guerra teocrática" das Testemunhas de Jeová em ação. Veja a sua política de confidêncialidade em Segredo Religioso.

Isto compreende o uso de expressões dúbias e vagas, de frases fracas, uso de meias verdades, reinterpretações posteriores do que realmente se publicou e ensinou, reimpressões adulteradas dos artigos originais, fazer citações e fatos retirados do seu contexto, ocultação de fatos inconvenientes e até mesmo simplesmente mentir. Uma pessoa, instituição ou organização, desconhecedora dos meandros internos da religião, é facilmente subjugada e manipulada sem ter perceção do fato. Existe um religioso Duplipensar, um conceito criado em 1984 por George Orwell, isto é, "a capacidade de aceitar mentalmente e conciliar simultaneamente duas crenças contraditórias e defender [ neste caso, bíblicamente ] a ambas."

Isto sucede mesmo perante as autoridades governamentais ou mesmo em Tribunal, se isso mostrar ser necessário, para proteger os interesses da liderança da religião. Veja exemplos disso na forma como se procedeu nos casos de Abuso sexual de menores; na ocultação do teór do Acordo da Bulgária; na Custódia dos filhos menores; sobre a aceitação do Serviço Civico alternativo ao Serviço Militar; ocultação do Envolvimento com a ONU como ONG associada; a manipulação de Estatísticas e Relatório Mundial; etc. ...

Falta de Honestidade

"Tenha muito cuidado para ser preciso em todas as afirmações que fizer. Use honestamente a evidência. Nas citações, não torça o significado de escritor ou use parcialmente as citações para dar uma idéia diferente do que o autor desejou." (Qualificados para Ser Ministros, pág. 199) Os editores das publicações da Sociedade Torre de Vigia (dos EUA) ignoram vezes sem conta esse conselho quando ensinam a sua teologia aprovada pelo Corpo Governante. Mas o conselho acima é dado a todos os oradores que cursam a Escola do Ministério Teocrático.

Estratégia de Guerra teocrática

Segundo a religião Testemunhas de Jeová, "mentira é a declaração falsa que alguém faz a outrem que tem o direito de ouvir e conhecer da verdade; tal declaração falsa tem o objetivo de prejudicar a outrem. Qualquer declaração falsa, que é feita com o propósito de enganar e prejudicar a outrem, é mentira deliberada e maligna." (Riquezas, 1936, Joseph Rutherford, pág. 170, § 1)

Temos de dizer a verdade àquele que tem o direito de sabê-la, mas, se alguém não tem o direito a isso, podemos ser evasivos. Porém, não podemos dizer uma falsidade ... Há, porém, uma exceção que o cristão precisa ter sempre em mente. Como um soldado de Cristo, ele se encontra numa Guerra teocrática e precisa exercer extrema cautela quando lida com os adversários de Deus ... para proteger os interesses da causa de Deus [ isto é, os interesses da liderança da religião ], é correto ocultar a verdade dos inimigos de Deus." (A Sentinela de 1/6/1960, pág. 351, ed. inglês; de 15/10/1960, pág. 639, 640, ed. português) "Embora a mentira maliciosa seja errada aos olhos de Jeová, ninguém é obrigado a divulgar informações verídicas a quem não tem o direito de sabê-las." (A Sentinela de 15/12/1993, pág. 25)

Note um exemplo publicado pela Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados (dos EUA): "Uma Testemunha de Jeová estava no serviço de porta em porta na Alemanha Oriental [ ex-RDA ] quando encontrou um violento opositor. Sabendo de imediato o que esperar, ela trocou sua blusa vermelha por uma verde.... um oficial comunista perguntou-lhe se ela tinha visto uma mulher de blusa vermelha. Não, ela disse, e ele foi embora. Disse ela uma mentira? Não, não disse. Ela não é uma mentirosa. Antes, ela estava usando estratégia teocrática de guerra, ocultando a verdade por atos e palavras pelo bem do ministério." (A Sentinela de 1/5/1957, pág. 285, ed. inglês)

"Mentir e deixar de dizer a verdade nem sempre são a mesma coisa. Por que não? Certo dicionário define [ não informa o leitor qual o dicionário em questão ] mentira como afirmação contrária à verdade a fim de induzir a erro. De fato, mentir inclui a intenção de enganar alguém. Assim, dizer sem querer algo que não é verdade — como fornecer a alguém dados ou números incorretos por engano — não é o mesmo que mentir. Além do mais, precisamos analisar se a pessoa que pede a informação tem o direito a uma resposta completa. Evidentemente, as ações de Abraão, Isaque, Raabe e Elias em enganar ou esconder os fatos daqueles que não adoravam a Jeová, devem ser vistos na mesma perspetiva." (A Sentinela de 1/2/2007 pág. 6; Estudo Perspicaz das Escrituras, Vol. 2, 1988, pág. 244-5, em inglês; Ajuda ao Entendimento da Bíblia, 1971, pág. 1060-61, ed. inglês) hjsdjksdjsdjsdjsdjkl

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória