FANDOM


TJ e a ONU - O outro lado que os Opositores não contam - Uma refutação á sua Hipocrisia. Em 1991, umas das entidades legais usadas pelas Testemunhas de Jeová – a Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados de Nova Iorque, Inc., registrou-se no DIP (Departamento de Informação Pública) da ONU como uma ONG (organização não-governamental), com o intuito de obter acesso ao amplo sistema de bibliotecas da ONU. Isto possibilitaria que os redatores da Sociedade Torre de Vigia recebessem um cartão de identificação para ter acesso a tais bibliotecas de pesquisas e se utilizassem de informações para escreverem artigos.

Quando este assunto tornou-se do conhecimento público, a Comnissão Presidente do Corpo Governante deu a seguinte justificação a todas as Comissões de Filial: "sem que a Diretoria da Sociedade Torre de Vigia tomasse conhecimento, a ONU mudou alguns critérios de associação, estipulando que as ONGs afiliadas deviam apoiar os objetivos da ONU. Quando esta informação foi conhecida pela Sociedade Torre de Vigia, esta imediatamente cancelou sua inscrição como ONG e devolveu o cartão de identificação."

Acusações dos seus Críticos Editar

1 - Que o Corpo Governante ensinou que a ONU é uma organização internacional em aberta oposição ao Reino de Deus.

2 - A Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados de Nova Iorque, caiu em contradição religiosa ao se registrar como uma ONG associada ao DPI da ONU.

3 - Os critérios atuais para se registrar como ONG, são os mesmos desde 1968, foram sempre os mesmos.

4 - Não era necessário STV de Nova Iorque obter esse cartão para ter acesso a Biblioteca da ONU.

5 – Isso foi escondido pelo Corpo Governante do conhecimento geral as Testemunhas de Jeová. Elas não foram informadas, e muito menos, achadas sobre o assunto.

Será que caiu em contradição? Editar

Por sua vez, as Testemunhas afirmam que o que criticam é se considerar a ONU como expressão do Reino de Deus aqui na Terra e como última esperança de paz para a Humanidade. "A verdadeira paz e segurança virá somente pela Vontade de Deus, e do modo dele: por meio do seu Reino, e não por meio da ONU." (Despertai de 8/7/1996, pág. 25)

Os princípios e objetivos expressos na carta da ONU são manter a paz e segurança internacionais, suprimir atos de agressão que ameacem a Paz mundial, estimular as relações amistosas entre as nações, proteger as liberdades fundamentais de todos os povos, sem discriminação de raça, sexo, idioma e religião, e cooperar internacionalmente para a solução de problemas sociais, económicos e culturais.

"Nessa declaração de princípios, não há nada que viole nossas crenças cristãs." - concluí o autor TJ do blogue. "Podemos compartilhar os ideais da ONU sem promovê-la como substituta ao Reino de Deus, usá-la para promover a liberdade religiosa e os direitos humanos, sem nos unirmos a ela."

Toda a gente sabe que a associação de uma ONG ao DPI da ONU, não constitui incorporação na ONU. Deixe recordar-lhe que a controvérsia neste assunto é sobre a Sociedade Torre de Vigia ter sido durante nove anos uma ONG associada ao DPI da ONU, e porque, esse fato permaneceu oculto do conhecimento geral das Testemunhas de Jeová por parte do Corpo Governante. Implicitamente, não deveria chamar de ignorantes aos Críticos. Tampouco seria ético enganar os seus leitores, regra geral, muito pouco informados.

À pergunta "são os mesmos critérios de associação de 1968?", o autor TJ do blogue respondeu: "Se é certo ou não que os atuais critérios existiam desde 1968, a verdade é que em 1991 não foram colocados em prática." Não respondeu honestamente. Mas admitiu que os critérios de associação de 1968 eram os mesmos, mas só que não foram colocados em prática. Portanto, os critérios foram tacitamente aceites pela liderança da religião e pelo Departamento Legal. E ponto final!

Também deve saber de que eu sei que o Departamento Legal da Sociedade Torre de Vigia recorre ao Tribunal Europeu, usando na Declaração dos Direitos Humanos da ONU nos interesses do Corpo Governante. Mesmo que isso seja para cometer perjúrio como no "caso da Bulgária". Realmente, Deus concede autoridade às "autoridade superiores" para "levar a espada", no caso de violação da Lei. (Romanos 13:4)

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória