FANDOM


Barbara Anderson e William Bowen tornaram público um incrível e perturbador CD-ROM intitulado Segredos de Pedofilia numa Religião Americana - Testemunhas de Jeová em Crise. Contém milhares de páginas tomados dos arquivos judiciais de diversos tribunais norte-americanos em quatro (4) estados, principalmente Califórnia e Oregón, onde se pode ver documentos que revelam a maneira que o Corpo Governante das Testemunhas de Jeová encobre os seus casos de abuso sexual de menores. Para evitar escândalos que sujariam ainda mais a sua imagem pública, sua credibilidade e Bom-nome, a Sociedade Torre de Vigia (dos EUA) despendeu muitos milhões de dólares para compensar as suas vítimas.

Em face das derrotas judiciais acumuladas no Tribunal do Condado de Napa, Califórnia, a Sociedade Torre de Vigia deveria mostrar documentos internos confidenciais e a base de dados contendo os nomes dos abusadores sexuais citados nos processos. O Corpo Governante, mediante o Departamento Legal da Sociedade Torre de Vigia, tinha apenas duas opções: forneceria a documentação exigida pelo Tribunal ou levaria sua apelação ao Supremo Tribunal de Justiça dos EUA, correndo o risco de maior exposição na Opinião Pública como uma religião com politicas internas que protege os abusadores sexuais de menores.

A solução encontrada foi: o Departamento Legal fez um acordo milionário com as 16 vítimas envolvidas para a suspensão dos processos. Se os processos tivessem seguido o seu curso nos tribunais, ficaria exposta a política interna até então existente quanto a forma de lidar com casos envolvendo abuso sexual de menores em suas congregações. Devido ao acordo financeiro com estas 16 vítimas, os processos serão extintos e livrando-se de mais uma condenação.

Os acordos extra judiciais foram feitos entre 13 de Fevereiro a 2 de Março de 2007, conforme relação abaixo:

  • Condado de Potter, Texas (1 vítima) - acordo em 15/2/2007
  • Condado de Marion, Oregon (1 vítima) - acordo em 14/2/2007
  • Condado de Napa, Califórnia (2 vítimas) - acordo em 13/2/2007
  • Condado de Napa, Califórnia (1 vítima) - acordo em 13/2/2007
  • Condado de Placer, Califórnia (1 vítima) - acordo em 13/2/2007
  • Yolo, Califórnia (3 vítimas) - acordo em 2/3/07
  • San Diego, Califórnia (4 vítimas) - acordo em 26/2/2007
  • Tehama, Califórnia (1 vítima) - acordo em 13/2/2007
  • Tehama, Califórnia (2 vítimas) - acordo em 13/2/2007

Estes fatos públicos não são divulgados em nenhumas das suas publicações ou no Web Site do seu Escritório de Informações Públicas. O caso de San Diego é mais significativo pois o pedófilo em questão se chama Frederick McLean - um dos homens mais procurados pela Polícia Federal dos EUA (FBI). McLean foi Servo Ministerial durante bastante tempo e usava sua posição na congregação para abusar sexualmente de meninas. Ele só foi apanhado em flagrante mais de 20 anos depois. Somente depois da publicidade dos seus crimes de abuso sexual é que foi possível que uma Comissão Judicativa congregacional o desassociou. McLean permaneceu às ocultas das autoridades até ser preso.

Saiba Mais Editar

Ligações Externas Editar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória