Wikia

Enciclopédia das Testemunhas de Jeová

Testemunhas de Jeová - Proclamadores do Reino de Deus

Comentários0
438 pages em
Este wiki

Lançado no Congresso de Distrito "Ensino Divino", no Verão de 1993, o livro Testemunhas de Jeová - Proclamadores do Reino de Deus é uma nova história sobre as Testemunhas de Jeová. O livro foi publicado pela Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados da Pensilvânia. O Corpo Governante das Testemunhas de Jeová pretende que as Testemunhas de Jeová e o público em geral, ficasse bem informados sobre a história da sua religião segundo a sua prespetiva oficial. Os editores propõem-se a responder às perguntas a respeito das Testemunhas de Jeová, não só sobre as suas crenças, mas também sobre a sua origem, sua história, sua organização e dos seus objetivos.

Substituí a história da religião apresentada em 1959 no livro Testemunhas de Jeová no Propósito Divino. Volume extenso com 750 páginas ilustradas com cores, só comparável em complexidade e tamanho com o dicionário bíblico das Testemunhas de Jeová intitulado Estudo Perspicaz das Escrituras, o novo livro é o resultado de um grande projeto de redação. Nos congressos das Testemunhas de Jeová nos Estados Unidos, onde o livro foi primeiro lançado, só foi disponibilizado para superintendentes de distrito e de circuito, anciãos congregacionais, pioneiros de Tempo Integral, e Testemunhas batizadas há 30 anos ou mais (20 anos em alguns congressos). A primeira edição, em inglês, foi inicialmente de apenas 500 mil exemplares. Em 1993, foi feita uma edição maior, disponibilizando assim o livro a mais pessoas. Esta obra com cerca de 750 páginas, é o registo oficial mais informativo e abrangente existente sobre as Testemunhas de Jeová. Por volta do fim de 1995, já estava disponível em 28 idiomas. Estas incluíam, além do inglês (também em braile), 12 idiomas europeus, 7 do Oriente e 7 da África.

O seu Prefácio expressa o objetivo desta publicação da seguinte forma: "As Testemunhas de Jeová são bem conhecidas. A sua pregação e sua maneira de adorar têm penetrado em grupos nacionais e raciais no mundo inteiro, e têm sido aceitas por jovens e idosos de todos os níveis económicos e educacionais. Seu zelo como proclamadores do Reino de Deus tem impressionado até mesmo a seus críticos. O amor recíproco que demonstram faz com que mesmo alguns que não são Testemunhas gostariam que mais pessoas agissem assim. Todavia, muitos ainda se perguntam: Quem são realmente as Testemunhas de Jeová? Outros têm escrito a respeito delas, nem sempre de modo imparcial. Provavelmente, não conheciam todos os fatos. É certo que ninguém conhece melhor a sua história moderna do que elas próprias. Os redatores desta obra empenharam-se em ser objetivos e em apresentar uma história cândida. Para todos os que estão a par do que a Bíblia prediz para os últimos dias, será especialmente esclarecedora esta história de um povo que intensamente crê e prega o que a Bíblia diz."

Seu Conteúdo Editar

O livro é dividido em sete partes principais:

Parte 1 - Esta seção trata das raízes históricas das Testemunhas de Jeová. Inclui uma concisa visão geral da sua história moderna, de 1870 até 1992.

Parte 2 - Contém uma recapitulação do desenvolvimento progressivo das crenças que diferenciam as Testemunhas de Jeová de outros grupos religiosos.

Parte 3 - Esta parte do livro examina o desenvolvimento da estrutura da sua organização. Relata informações sobre as suas reuniões congregacionais e os seus congressos, bem como sobre o modo de construírem Salões do Reino, Salões de Assembleias maiores, e instalações para a publicação de literatura bíblica. Descreve o modo como as Testemunhas de Jeová proclamam a sua mensagem sobre o Reino de Deus e os sentimentos que manifestam ao cuidarem umas das outras em épocas de crise.

Parte 4 - Inclui pormenores sobre o que chamam de proclamação do Reino de Deus e como tem sido estendida a países grandes e a ilhas remotas em toda a Terra. Inclui diversas experiências dos que participaram nessa expansão global.

Parte 5 - A realização de toda a sua vasta obra de evangelização exigiu o desenvolvimento de instalações internacionais para a publicação de Bíblias, bem como de literatura bíblica em mais de duzentas línguas. Esta seção apresenta dados sobre estes aspetos.

Parte 6 - Esta parte do livro relata como a fé das Testemunhas de Jeová foi testada ao enfrentarem provações severas, que consideram terem origem na imperfeição humana, na atuação de dissidentes apóstatas e, especialmente, devido a perseguição.

Parte 7 - Em conclusão, o livro apresenta as razões por que as Testemunhas de Jeová estão firmemente convencidas de que são a religião verdadeira. Considera também por que, tanto em sentido organizacional como pessoal, sentem a necessidade de continuar vigilantes.

Este volume é bastante ilustrado com mais de mil fotos reunidas de 96 países. Incluí uma parte de 50 páginas com fotos a cores, apresentando a sede mundial da Sociedade Torre de Vigia (dos EUA), bem como muitas das suas filiais e congéneres, usadas pelas Testemunhas de Jeová em todo o mundo. As pág. 208-9 mostram os prédios usados pela Sociedade Torre de Vigia um século atrás em Pittsburgo. As pág. 216-7 apresentam os prédios usados mais tarde em Brooklyn, Nova Iorque. As gravuras nas pág. 352-6 ajudam o leitor a visualizar a sede mundial por ocasião do lançamento do livro. Os cap. 26 e 27 fornecem detalhes sobre o trabalho feito em Betel, e as pág. 295-8 dão mais informações sobre o Serviço de Betel. Uma cronologia dos eventos notáveis na história das Testemunhas de Jeová estão alistados no fim do livro, nas pág. 718-23.

Críticas Omitidas sobre o Livro Editar

Os principais pontos de interesse incluem:

  • Versões atenuadas ou fora do devido contexto de momentos embaraçosos da história das Testemunhas de Jeová.
  • Revisões contradizendo relatos históricos publicados anteriormente. Ou seja, rescrever a sua história.
  • Cobertura da história da religião posterior a 1975, não publicada anteriormente.
  • Cobertura fotográfica extensa da liderança passada e presente da Torre de Vigia (em contraste com o que tem sido costume ultimamente) - incluindo vários retratos coloridos individuais dos 12 membros do Corpo Governante, tal como era constituído em Janeiro de 1992 (na pág. 116).
  • Extensa documentação fotográfica apenas dos principais edifícios e propriedades da religião em todo o mundo (uma seção de 50 páginas, nas pág. 352-401, é devotada exclusivamente a fotografias coloridas de edifícios e propriedades da Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados) - que ascendem claramente a vários bilhões de dólares.

Pouca honestidade e cândura Editar

Segundo os seus críticos, o livro foi publicado pela Sociedade Torre de Vigia (dos EUA) como o fim de ser usado como uma poderosa "arma defensiva". Os seu escritores são acusados de desonestidade, astúcia e de manejar a Bíblia de forma enganosa. Embora seja descrito no Prefácio como "objetivo" e "cândido" da sua história, segundo os seus críticos, o livro é considerado uma obra de pura propaganda religiosa. Ao contrário dos livros de História, que apresentam os assuntos em ordem cronológica, este abrange a história das Testemunhas de Jeová por tópicos. O resultado é que os relatos de episódios embaraçosos, quando não são completamente omitidos, podem ser fragmentados em pedaços menos embaraçosos e apresentados em diferentes partes do livro.

Os fragmentos são mais fáceis de serem aceites do que toda a verdade apresentada num só lugar. Veja, por exemplo, como a informação sobre a falsa profecia da Sociedade Torre de Vigia a respeito de 1925 é partida em discussões separadas nas pág. 78, 425 e 632 - com uma desculpa ou eufemismo diferentes em cada uma dessas páginas para ajudar as Testemunhas de Jeová a rejeitar o episódio como não sendo importante, ou sendo pelo menos desculpável. O mesmo fizeram com respeito de 1975. Além disso, a disposição por tópicos permite ao livro retirar assuntos do contexto dos acontecimentos envolventes e retratá-los de forma diferente. Por exemplo, a discussão da filiação religiosa de Charles Taze Russell durante a década de 1870 é fragmentada em discussões separadas nas pág. 43-8, 120-122, 132-5 e finalmente na pág. 204.

Assim, quando o livro diz na pág. 204 que "têm ocorrido importantes mudanças no funcionamento da organização das Testemunhas de Jeová desde que Charles Taze Russell e seus associados começaram a estudar a Bíblia juntos em 1870", os leitores podem já ter-se esquecido que Russell ainda estava associado aos adventistas até 1879, conforme revelado nas páginas anteriores. De forma similar, na pág. 147 o livro apresenta a mudança de entendimento sobre quem eram as "autoridades superiores" em 1962 (na interpretação de Romanos 13:1) como um "entendimento progressivo". Mas informação apresentada separadamente na pág. 190 mostra que a "nova" interpretação já tinha sido ensinada por Charles Russell em 1904. O ensino de 1962 era um retorno a um ensino antigo, mas o livro esconde este fato ao separar as diferentes partes da história.

Rede da Wikia

Wiki Aleatória